Defasagem nos fretes

Estudo técnico, elaborado pela NTC&Logistica, aponta defasagem nos valores de fretes praticados


A NTC&Logística, divulgou no último CONET&Intersindical, estudos feitos pelo DECOPE (Departamento de Custos Operacionais) da entidade e recomenda o reajuste nos valores de fretes praticados pelas empresas.
No último estudo, foi apresentado como ponto mais relevante para o desempenho das empresas de transporte de cargas durante o ano de 2016, o aumento dos custos do transporte, conforme apontado por 29,7% de todos os pesquisados nos dois segmentos (Cargas lotação e cargas fracionadas).
É fundamental para a saúde financeira de todas as empresas que prestam o serviço de transporte de cargas, que os ajustes de seus valores de transporte sejam novamente analisados, e praticados conforme a defasagem apresentada durante o CONET&Intersindical, que foi de 11,77% em cargas fracionadas e 24,83% em cargas lotação.
É importante salientar, que essa análise, não tem como objetivo aumentar a rentabilidade das operações, e sim, evitar o prejuízo causado pela grande defasagem dos fretes em seus valores cobrados.
O Transporte Rodoviário de Cargas ganha um peso ainda maior, quando analisamos a sua importância para o país, movimentando em suas estradas, uma parcela considerável do PIB Brasileiro.
Por essa razão é essencial reavaliar os preços de fretes, afim de manter a saúde financeira dessa atividade, fundamental para o país.
Segundo o presidente do SETCERGS, Afrânio Kieling, "as empresas tem que ter em mente um fundamento básico da economia que define o critério para a formação do preço de um serviço. O que determina o preço mínimo é o custo da operação e o máximo, o mercado. Estamos vivendo uma situação em que os preços praticados pelo mercado são abaixo do custo, o que está gerando prejuízos às empresas de transporte. Este cenário tem que mudar logo, caso contrário, nosso setor continuará passando por grandes dificuldades"

+compromisso, +qualidade

Processos de melhoria contínua e política de qualidade e ambiental, da satisfação dos clientes, fornecedores, colaboradores e no apoio às comunidades.

Programas voltados à prevenção de acidentes e valorização da vida no trânsito, que credenciou a Augusta a buscar o selo de Transportadora da Vida.

Compromisso com o respeito e a proteção ao meio ambiente, na adoção de práticas para monitorar e reduzir o impacto ambiental.

Antigas

Programa PAAZ

O êxito do PAAZ credenciou a Augusta a buscar o selo de Transportadora da Vida, conferido pelo Setcergs e pela Fundação Thiago Gonzaga.